NOTÍCIAS

18/08/20 | Centro Cultural

4 IRMÃOS – Irmãos Borges e Venturini celebram 48 anos de Clube da Esquina em live diretamente do palco do Teatro do CCMTC

Nesta sexta-feira, dia 21 de agosto, às 21h, o canal oficial do Youtube do Minas Tênis Clube (youtube.com/minastcoficial) transmite a live “4 Irmãos”, que une, no palco do Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC), os músicos Telo e Lô Borges e Flávio e Cláudio Venturini. O show histórico, também comemora os 48 anos do Clube da Esquina, é produzido por Danusa Carvalho e realizado em parceria por Minas Tênis Clube, Seara e Unimed. Com direção musical de Telo Borges, o show terá a participação de Beto Lopes, no baixo; André Godoy, na bateria; e Mateus Maciel, na guitarra. No setlist, estão canções clássicas, que marcaram a trajetória dos integrantes do Clube da Esquina, como “Todo azul do mar”, “Mesmo de brincadeira”, “Paisagem na janela”, “Voa bicho”, “Nossa linda juventude”, “Sonhando o futuro”, entre outras que todo mineiro sabe cantar.

“Quando fiz o convite aos meus queridos irmãos para essa live, não tinha percebido que era um encontro inédito. Meus mestres, quatro irmãos queridos de uma vida toda. Nesse formato é a primeira vez que estamos juntos”, diz Telo Borges, acrescentando que esse encontro, que parece ser tão natural, ainda não tinha acontecido por questões de agenda. “Cada um com sua carreira, com suas vidas. Cada um foi para um lado, mas sempre juntos nos afetos e nas amizades. Ao longo de nossa trajetória sempre estivemos um ao lado do outro, mas nunca havíamos realizado nada juntos, só nós quatro, com o foco nas nossas canções”, conta Telo Borges.

Celebrar o Clube da Esquina

Em 2020, o Clube da Esquina, movimento musical mineiro, completa 48 anos. O nome do Clube se deve à esquina   formada pelo encontro das ruas Paraisópolis e Divinópolis, no Bairro Santa Tereza, onde os amigos se encontravam para cantar, beber e jogar bola. Formado pelos músicos Milton Nascimento, irmãos Borges, irmãos Venturini, Murilo Antunes, Fernando Brant, Toninho Horta, Wagner Tiso, Beto Guedes e pelo fluminense Ronaldo Bastos, o movimento musical colocou a música mineira no mundo. “A live ‘4 Irmãos’ também tem o intuito de celebrar os 48 anos do Clube da Esquina. Nessas quatro décadas sempre trabalhamos uns com os outros. Sempre juntos”, diz.

Foram ao todo dois lendários álbuns, lançados em 1972 e 1978, que ajudaram a afirmar a inventividade e a competência dos músicos mineiros. A música do Clube da Esquina tem como característica a união da bossa nova, jazz, música, hispânica e o som da canção folclórica dos pretos mineiros, criando uma sonoridade única e inovadora. Segundo Telo, a importância do Clube da Esquina para a música nacional por causa das melodias que caracterizam a sonoridade dos mineiros. “A riqueza melódica e harmônica veio destacar o que tem em Minas de mais legal. A poesia do Márcio (Borges), do Fernando (Brant), do Murilo (Antunes), e do Ronaldo (Bastos), que é do Rio, mas fez músicas para o Clube da Esquina, que mostra o jeito de Minas cantar e tocar”, destaca.

Serviço

Live “4 Irmãos”
Data
: 21 de agosto, sexta-feira.
Horário: 21h.
On-line: canal do Minas Tênis Clube no Youtube (youtube.com/minastcoficial)

Siga as redes sociais oficiais da Cultura do Minas:

Facebook: /mtccultura
Instagram: @mtccultura

Outras Notícias

desenvolvido por