NOTÍCIAS

27/07/20 | Centro Cultural

LETRA EM CENA ON-LINE

O “Letra em cena. Como ler…”, programa literário do Minas Tênis Clube, retoma suas atividades da edição 2020, no formato on-line. No dia 4 de agosto, terça-feira, às 20h, no Facebook e no Instagram do Centro Cultural Minas Tênis Clube e no canal do Youtube do Minas Tênis Clube, será realizada a sessão comemorativa do centenário de Clarice Lispector. No novo formato, José Eduardo Gonçalves, jornalista e curador do “Letra em cena. Como Ler…”, conversará com a escritora Marina Colasanti, que foi editora e amiga de Clarice. A leitura de textos será da atriz e escritora Bruna Kalil Othero. Caso queira receber informações e novidades sobre o programa literário do Minas Tênis Clube, faça sua inscrição no site da Sympla (Clique aqui).

“Clarice é reconhecida, hoje, como uma das maiores escritoras brasileiras de todos os tempos. Inclusive, é hoje a autora brasileira mais traduzida no exterior. Sua obra é universal e única. Com Clarice, a linguagem literária atingiu uma qualidade muito elevada – ela colocou a palavra no centro do mundo. Dona de um texto único, Clarice tinha como característica a narrativa não convencional, a valorização de aspectos psicológicos e intimistas, os enredos surpreendentes, a sensibilidade em abordar os conflitos humanos, há um conjunto de características que tornam a obra de Clarice Lispector sem paralelo, não apenas no Brasil”, afirma José Eduardo Gonçalves.

A escritora, contista, jornalista Marina Colasanti é a palestrante convidada. Foto: Natália FregosoA escritora, contista, jornalista Marina Colasanti é a palestrante convidada. Foto: Natália Fregoso

A análise da obra de Clarice Lispector será feita pela escritora, contista, jornalista, tradutora e artista plástica por Marina Colasanti, que conheceu a escrita de Clarice ainda na adolescência, foi editora de suas crônicas no Caderno B do Jornal do Brasil e se tornou sua amiga.   “Embora muito jovem, eu era leitora voraz. O encontro com a escrita de Clarice representou um alumbramento, uma descoberta literária. Eram textos publicados na revista ‘Senhor’. O texto dela tentava aplacar uma ânsia interior, questionava a vida para alcançar o entendimento impossível. Ela não olhava com uma lupa para tudo, buscava só a essência das coisas, dos sentimentos, da vida”, observa Marina Colasanti.

Serviço
Letra em cena on-line. Como ler Clarice Lispector
Data:
 4 de agosto, terça-feira.
Horário: 20h.
Local: Instagram e no Facebook do Centro Cultural Minas Tênis Clube e  canal do Youtube do Minas Tênis Clube.

Siga as redes sociais oficiais da Cultura do Minas:

Facebook: /mtccultura
Instagram: @mtccultura

Outras Notícias

desenvolvido por