NOTÍCIAS

02/07/17 | Centro Cultural

McCartney

O Teatro Bradesco do Centro Cultural Minas Tênis Clube abriu a programação do mês julho com um super show que tinha como objetivo fazer um esquenta para a vinda de Paul McCartney a Belo Horizonte, em outubro. Aggeu Marques e The Yesterdays fizeram um show de 2h05 com canções compostas por Paul durante os dez anos de vida da lendária banda.

“O show vai seguir uma linha cronológica, vou tentar cantar as canções que o Paul junto com a banda. Então hoje não terão muitas canções amadas e mais populares dos Beatles”, alertou Aggeu, mas o público não reclamou. Pelo contrário, a plateia que ocupou todas as 602 cadeiras o Teatro, cantou todas as canções e não ficou pedindo músicas durante a apresentação. O que é muito comum em shows.

Durante o show Aggeu contou algumas curiosidades sobre Paul. “Essa canção entrou para uma famigerada lista de piores músicas compostas no mundo, e a pior canção dos Beatles. Quando Paul soube disso colocou essa música no repertório. Quando ele veio ao Mineirão pela primeira vez (maio de 2013), o estádio tremeu quando cantou essa música”, e em seguida começou a cantar “Ob-La-Di, Ob-La-Da”, lançada em 22 de novembro de 1968 e era uma das faixas do álbum The Beatles, ou Álbum Branco.

Aggeu disse que a canção predileta de Paul é “Here, there and everywhere”, parceria com John Lennon do disco Revolver de 1966. “Nenhum compositor gosta de apontar a canção que mais gosta, são todas filhas, mas ele já disse que esta é a que tem predileção”.  No show canções como “She loves you“, “Can’t buy me love”,  “And I love her”, “Penny Lane”, “Eleonor Riggby”, “Sgt. Pepper´s Lonely Hearts Club Band” e, terminou o show com a clássica “Yesterday” seguida de “Hey Jude”.

Para o beatlemaníco ansioso pelo show de Paul McCartney, o show de Aggeu Marques e The Yesterdays foi um esquenta, uma preparação para o encontro com o ídolo que é uma unanimidade no mundo da música.

Outras Notícias

desenvolvido por