NOTÍCIAS

29/07/17 |

Onde está o amor?

“Que estranho caminho eu tive que percorrer para chegar até você”. A frase de Robert Bresson, no filme Picketpocket (O batedor de carteira, 1959) caiu como uma luva no enredo de “Eu te amo”, peça encenada por Juliana Martins e Sérgio Marone, com texto de Arnaldo Jabor, neste fim de semana, no Teatro Bradesco. A primeira apresentação foi na sexta-feira, 28 de julho, e contou com uma plateia calorosa.

Não é à toa que a dupla usa a citação do filme nos palcos. “Eu te amo” conta a história de Maria e Paulo, um casal que se conhece pela internet e, ao se encontrar, faz desenrolar um jogo marcado por antigos amores, carências, confissões e sensualidade. As diferentes questões que envolvem as relações amorosas aparecem na apresentação, assim como o desejo de passar a limpo o que atrai ou não, verdades e mentiras, e o que as pessoas carregam em seus momentos de solidão.

“Eu te amo” tem produção na medida, trilha sonora com canções de Chico Buarque, e recursos visuais que enriquecem a trama. O espetáculo também conta com surpresas para o público.

Mas, afinal, onde está o amor?

 

Outras Notícias

  • CCMTC no Noturno nos Museus

    18/07/18 | Centro Cultural

    O Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC) integra, mais uma vez, a agenda do programa “Noturno nos Museus”, realiza...

    saiba mais
  • Rir e amar

    13/07/18 | Centro Cultural

    A cantora e compositora Angela Ro Ro encerrou a edição 2018 do projeto “Uma voz, um instrumento”, do Cent...

    saiba mais
desenvolvido por