NOTÍCIAS

11/05/18 | Centro Cultural

Soco no estômago

O ator Marcos Veras apresentou no Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube o monologo “Acorda pra Cuspir”, texto foi escrito pelo ator, roteirista, dramaturgo e escritor norte-americano Eric Bogosian, tradução e adaptação do dramaturgo Maurício Guilherme, e direção de Daniel Herz. Na densa comédia, a plateia fica tensa, assustada e pressionada pelas dores do mundo e suas próprias.

Marcos Veras é o comum cidadão José Silva, um homem que deseja ser especial, ser ouro, gold e ter vantagens e privilégios na vida. A personagem entra numa autoanálise e percebe que é difícil ser especial, ter dinheiro e viver no mundo dos deuses. Até o filho de Deus sofreu, porque os homens comuns não podem sofrer? Por que a miséria humana comove tão pouco e a dor dos deuses (aqueles que se acreditam ser deuses) tem tanta empatia?

Em quase duas horas de peça, Marcos Veras, sozinho no palco, mostra como o homem comum deseja ser especial, tudo que faz para isso e no que se transforma quando o sonho de ser “melhor” é realizado. Trata-se de uma comédia densa, em que o riso não é gratuito, mas sim nervoso e sem graça. Há dor em se reconhecer em José Silva.

Outras Notícias

  • Com afeto

    14/11/18 | Centro Cultural

    “É impossível falar de Cecília sem afeto”, destacou Valéria Lamego, professora de literatura da PUC-RJ, convidada do ...

    saiba mais
  • Beatles para sempre

    13/11/18 | Centro Cultural

    No dia 16 de novembro, às 20h, o Teatro do Centro Cultural Minas Tênis Clube (CCMTC) recebe, em única apresentação, a...

    saiba mais
desenvolvido por